Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2005

Chama-se solidão


 



"Ainda que colorida a duas mãos"


É a fase de todos os dias mas que por vezes se nota mais
Chama-se solidão
Nunca estarás só enquanto eu for vivo
E depois de morrer ainda te venho assombrar e deitar-me na tua cama
Similar contudo nada parecido
Sim em sonhos e fantasia és o meu objecto sexual isso é verdade
Poetisa só mesmo aqui e realmente.
Muito sexo suor
Samba não
Lençóis e cama
Desfeitos
Dias seguidos na cama
Em que tudo o que acontece é feito lá
Comer dormir beber e fo........ Viver
É assim que se morre de amor
É o morrer de amor na verdadeira acepção da palavra
Até que saciados saímos e vamos comer um bom bife a beira-mar...... Para que os peixes não se sintam mal com a nossa presença!
O mar!
Trazidos e levados pelas ondas
Que bem que me soa!
Até dói pensar tanta maravilha
Assim vou transformar-me em bruma
As brumas são massas de ar que se deslocam a velocidade certa nem muita nem pouca
Não devia haver obrigação de trabalhar, nem Multibanco
Apenas uma ilha
O amor e uma cabana nunca me saíram do pensamento
Então serei produto dos teus sonhos e desejos mais íntimos
O génio que o teu pensamento pariu
Mãe!?
Devo chamar-te mãe!!?
Não; as palavras e as associações só atrapalham
O melhor mesmo com as palavras
É fazer associações em silêncios anárquicos
Só com ais e uis
Por isso existe a liberdade de pensamento
Vai e volta eu sei
Deprime mais vezes
Tenho dias que não consigo disfarçar
Hoje é um deles
Não disfarço apenas me isolo
Nem seria disfarçar
É não contagiar alguém
O isolamento enriquece-nos
Continuarei assim
Mas por vezes irei variar

publicado por bamos às 04:31
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De novembro7 a 16 de Janeiro de 2005 às 16:05
Bom...palavras para quê??? espetacular...e a imagem...excelente!!!bj


De sara a 14 de Janeiro de 2005 às 20:12
:-) Sem palavras das coisas mais lindas que li escritas por ti, parabéns.


De Eliwitch a 14 de Janeiro de 2005 às 14:13
O amor é feito de duas solidoes que se encontram, se amam, e se protegem...
Beijo*


De Dreamermoon a 14 de Janeiro de 2005 às 14:03
Fiquei presa nas tuas palavras...
As vezes até fico sem saber que dizer...
Fico aqui apenas a saborear...
nunca está sozinho aquele que está acompanhado dos seus pensamentos...
Tem um excelente fim de semana.
Beijos duma alma sonhadora*


De ferrus a 14 de Janeiro de 2005 às 11:20
Vou começar a ler-te de manhã...de certeza que o dia me vai correr melhor. A Carla tem razão qd diz que não deves ficar só, qd te encontras sózinho. Comer um bife à beira mar para os peixes não se sentirem mal...excelente! :-) Um grande abraço, João!


De Carla a 14 de Janeiro de 2005 às 07:01
Amigo querido... que bom ler-te ao som desta música maravilhosa que emoldura um filme sobre o amor puro. Não escolhes nada ao acaso. O amor e uma cabana... era tão bom! Fica sozinho quando precisares, mas não fiques só... Por vezes temos que descer ao fundo do poço, ir abraçar as mágoas todas, transportá-las no regaço enquanto subimos e oferecê-la aos peixes nesse mar bonito de que falas. Gosto muito de ti! Beijo grande.


De Margarida a 14 de Janeiro de 2005 às 06:30
O texto está lindissimo, e muito inteligente pq junta o sentimento profundo com o humor, adorei! Não posso deixar de te dar os parabens ñ só pelo texto mas por todo o blog, gosto de tudo e já tou quase a acabar de ler os teus post todinhos. E claro a foto de hoje é lindaaaaaa, claro eu e o meu fascinio pelo mar! Beijinhos grandes


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005


blogs SAPO

.subscrever feeds