Sábado, 31 de Dezembro de 2005

Um Zero*2004

ecliptica.jpg

"364 Dias"


Era falta de vontade de falar
Correu nada bem
Tenho muitas pessoas iludidas de que eu sou algo especial na vida delas, e eu nem tenho vida!!!! E nunca quis iludir ninguém e sempre digo que eu não sou pessoa para Amar ninguém de novo!!!!!
Começo a ficar desiludido comigo mesmo, não me faço entender por ninguém,
São pessoas de mais na minha vida
Quando passei mais de um ano sem ter ninguém
Acho que me vou afundar em desentendimentos vais ver
Pois eu sei que não são todas iguais
Mas quero tratar todas igual entendes!
Começo a não ter mãos e cabeça para tudo
E quando recebo presentes de quem não conheço começo a preocupar-me e a perguntar onde é que eu errei
Onde é que eu me deixei oferecerem-me presentes!!!!
Mas muito medo e certeza de nunca compensar tudo que me dão
Eu já recebi montes de coisas
Mas no tempo e na altura certa
Também já dei outras tantas
Mas as pessoas certas e na hora certa
Chego a dar o que não tenho quando quero e sinto que devo dar.......
E entenderes o porque de eu não querer falar com pessoas
Mas és diferente
Ainda que não existisses tinha que te inventar
Essa parte da sanidade comigo passa muito pelo paradoxo!!!!
Eu não posso eliminar ninguém que não me tenha entendido completamente para onde vou o que vou
O problema é que acho que eu também não sei para onde me dirijo
Eu sinto-me o culpado de tudo de mau que a minha volta acontece
Tudo
Nada que planeio sai
Tudo que não procuro me acontece
Não controlo a minha vida
Como posso partilha-la com outros!!!
Nada não controlo mesmo
Agora és pedagoga de existencialismos humanos virtuais
Isso é tudo que eu deveria ter na escola que não tive
Escola da vida também tive
Mas isto é mesmo escola da que deveria haver
Tudo existe por nada
Porque continuas sem me entender?
A tua realidade nunca me foi permitida vives num mundo de poucos feito por milhões de outros
Milhões que nunca jamais verão essa realidade, embora a façam
Juro-te pelo que aches mais sagrado
Não queria falar com ninguém
Não é que não me entenda.......
Não me entendem
Não sei é para onde vou
é um pouco diferente de não me entender a mim mesmo
Acho que vou descansar um pouco antes de sair
Os meus sentimentos é que sou um Zero
Uma nulidade


publicado por bamos às 03:56
link do post | favorito
De Carla a 31 de Dezembro de 2004 às 05:29
Hoje deixaste-me de lágrimas nos olhos. Não gostei, porque me feriu. Porque és uma pessoa maravilhosa, de quem já recebi presentes com uma espontaneidade de quem oferece sem nada pedir em troca, porque tens um coração belíssimo e pareces não o conseguir ver. Não és zero nem nulidade. Esses não fazem despontar sorrisos a ninguém. E tu fazes. E muitos. Gosto muito, muito de ti! Beijo grande.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds