Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2006

Toma... Um pouco do meu egoísmo e teimosia






































Ilhas
de

Sombras e luz

A parte da sombra tem sempre uma luzinha do lado oposto

Estás algures rodeada de sombras por todo lado

Luz

Só as estrelas têm luz própria

Os rochedos como eu brilham com as luzes de estrelas como tu

Aguados

São os meus dias de ausências

Embrenhado nessas coisas que pouco ou nada servem mas matem-me a tentar
perceber como se fazem nem sinto e

Por momentos pensei que aqui seria alguma parte de ti

Não te vejo aos pedaços diferenciados

Mas sim como um todo de muitas partes

Logo um espero por ti meu

Será um teu aqui está a parte que te toca

Para não me fazer confusões

Não preciso que percebas

Apenas que estejas

Seja lá o que for o que eu pense

Sinto

O importante é o que eu seja

Para ti

Ou para o mundo no caso de teres mandato para representar o mesmo

Eu acho que tens

É sempre suposto estares onde te apeteça e queiras

Ou possas

Gosto de tudo que me faça sentir cumplicidades em ambientes de
intimidade e privilégio rodeado de luz por todos os lados


 


 


 


 


 


 








publicado por bamos às 02:41
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds