Quarta-feira, 22 de Junho de 2005

E não, te, se esqueçam de olhar a lua hoje vai estar enorme








Olhar felino


E meigo



Adoro quando sorris!



Em cima



Cima logo abaixo do
olhar



Posso dizer a seguir
a essas mãos



Que fui feliz



E que a vida
realmente tinha um propósito



Não aguento muitos
mais despropósitos



A perna



A perna



Em baixo em cima no
meio



Já não vejo apenas,
te sinto te, sentindo-me



Agora deixa cá, a
perna e vem amor



Estás habitada sem
corpo



Moras na tua alma e
partilhas as rendas comigo



Estamos ligados



Essa tua perna me vai
fazer andar



Uma perna duas e duas
essas mãos



Adoro quando
argumento e te convenço



A me beijares assim
em mim em ti



Ainda que nunca te
tenha



Vou-te amar e ter
assim em ti sempre



Sempre em mim



Amor e menos



conversa...










publicado por bamos às 04:43
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005


blogs SAPO

.subscrever feeds