Quarta-feira, 9 de Março de 2005

Ausencias de ti









"Até um mosquito sente"




Estou apenas
Nem bem nem mal
Não preciso de justificar nada
Não carece mesmo
No entanto se me ausento por longo tempo e posso digo claro
Por ti, é impossível eu sentir quem te perdeu
Abandonando eu jamais e nunca te perderei
Ainda que nunca mais tivesse notícias tuas
Sei que estarias algures aqui no meu coraçãozito
Arranjou um cantinho para ti
Eu estou sempre aqui
A confusão é a minha cabeça
Que já não tem horas
Nem guarda informação correctamente
Ninguém merece.............
Apenas respirar
Ser gente sim......
Viver é o que eu acho
Mas não encontro e tenho vida de "gente"
Tem dias
A lua espelhada no mar parado
Luzes suaves da rua numa noite de verão
Aroma a intenso violino na mesa
De madeira em falésia de mar plantada
Algum que outro mosquito...
Daqueles que não mordem embriagados
Pelo teu olhar
Lembrei-me deles...
Geralmente locais paradisíacos
Estão cravejados deles
A gente até se esquece e volta lá sempre
Eles nunca de lá saíram, tu sim
Eles estão
Estão apenas
Nem bem nem mal








publicado por bamos às 04:27
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Mnica a 9 de Março de 2005 às 23:05
Pois, vamos lá ver isto, nem a bem nem a mal se resolve esta coisa da saudade. Saudade é tudo o que fica depois de tudo partir. Se os mosquitos partem...então teremos que ir em busca de novos mosquitos, certo? 'Bora lá, raid na cintura, xeltox na mão e vamos lá matar essa saudade que te consome. Beijos bzz bzz


De Ocean a 9 de Março de 2005 às 20:33
Mosquito? não me parece, quanto ao nem bem nem mal, compreendo perfeitamente, espero que fiques bem!
Abraço


De Marga a 9 de Março de 2005 às 19:01
Lindo...enigmático e, simultaneamente revelador. " A lua espelhada no mar parado" ou, porque não, num mar revolto e agitado??? Pensa nisso...Beijokas


De andrye a 9 de Março de 2005 às 16:31
Amor verdadeiro como tu sentes n pode ser sentido p um mosquito ou p alguem q n ker amar..q n sabe amar..e q n sabe o q perde!fabuloso cm sempre!ainda bem q gostaste do novo template :) ah e ja agora passa a visitar o meu outro blog www.primas.blogs.sapo.pt


De Laura Antunes a 9 de Março de 2005 às 14:22
Tanta saudade, seria bom ser do futuro e nao do que ja passou...deixando os sonhos voar em cada beijo.Abraço Laura


De kapinha a 9 de Março de 2005 às 14:02
tanta saudade, quem terá essa sorte??


De Cris a 9 de Março de 2005 às 12:38
Bela conjugação de som e palavras!... Lindo como sempre... aliás, mais lindo hoje, porque terrivelmente sentido!...
Um beijo grande!


De Joaninha a 9 de Março de 2005 às 11:55
Olá João! Amei a música, este dueto é simplesmente encantador...qto ao texto nem é preciso dizer k é excelente, pois consegues mexer com as emoções da pessoa mais insensível, no entanto eu emociono-me facilmente,isso acontece quase sempre k aqui entro...adorei! ..."Não sei por onde "Essa" que mora no teu coração, mas tenho certeza que está a perder os melhores momentos da vida ao teu lado!" Beijinho carinhoso de mim para ti.


De Aran_aran a 9 de Março de 2005 às 11:11
Nem por sombras se pode comparar tu com um mosquito... :) Na, nem pensar.... :) e quando não se sente a ausência de alguém, significa que essa pessoa nada te diz... um beijo


De Carla a 9 de Março de 2005 às 06:10
E quem sai assim decerto não sai sem olhar para trás... sabendo de antemão o que vai perder. Não ficam sozinhos os mosquitos... porque na nossa alma cheia vivem todos os outros, até aqueles que não quiseram ficar. Hoje foste ausência, mas eu senti a presença. Beijo enorme, João querido :)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005


blogs SAPO

.subscrever feeds