Segunda-feira, 21 de Março de 2005

Uma ponte apenas



"Várias saídas e uma ilha de ti"


Não precisas partilhar
Aborda quando souberes
Toma o teu tempo
Mas acabo já
Não é loucura
A loucura está em parecer algo
Condição emocional física e estabilidade fingida
A nível de independência
Gostava muito de poder tentar estar viver
Nem que fosse como vizinho da sanidade
Inquilino da loucura
Mas louco ser e nunca para ser
Parecer louco é sê-lo duas vezes
E só uma é saudável, não é loucura
Já te disse que gosto do que és e vejo em ti
Meu mundo em constante movimento
Mas da maneira que pões as coisas....
Não posso esquecer as corridas na ponte
E a ti muito menos ponte
A minha prioridade não deve ser a de viver ao lado
Ou debaixo da ponte
Sim viver ou ter olhar as minhas possibilidades de o ser
Já te disse que gosto do que sou e vejo em mim
Teu mundo em constante força para provocar a estática
Não posso pensar assim ou nisso não posso
E muito menos deixar de faze-lo
Para eu perceber melhor até onde fostes ou por onde ias
Não precisas nadar atravessa-me quando quiseres
Usa o meu tempo
Eu acabei, agora sou ponte também







publicado por bamos às 04:03
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Cris a 22 de Março de 2005 às 03:47
Ser ponte é saber unir as duas margens...

beijinho


De Lina a 21 de Março de 2005 às 23:45
Tu és ponte e eu sou palavras transformadas em imagens ;)
Deixo-te um sinal!
Beijo grande


De Angustias a 21 de Março de 2005 às 23:09
Entao, e o ser humano é capaz de fazer uma ponte estraordinariamente bela? Sera que o ser humano é capaz do amor pelo amor?


De Aran_aran a 21 de Março de 2005 às 22:26
Bonita música! Um ilha, um ponte, várias saidas ou entradas, tudo depende do lado em que se encontra quem... para sair ou entrar, e há existe a alternativa de ir a nado... Assim é vida, nunca existe uma alternativa mas sim muitas, o mais dificil é tomar uma decisão! :) Gostei, beijinhos


De tanya a 21 de Março de 2005 às 21:34
Será que me deixavas atravessar a tua ponte ctg do meu lado? :)) Obrigada pelo teu apoio no meu post publicado, por vezes não é facil sorrir mas é impossivel não faze-lo qd se lê as tuas palavras la deixadas.. :) Beijo muito grande


De Maria do Cu a 21 de Março de 2005 às 20:39
Agora e neste instante em que acabei de ler este seu poema... dir-lhe-ei apenas "sou ponte também". Muito bem escrito, parabéns. Beijinhos.


De Mnica a 21 de Março de 2005 às 18:31
E a ponte é uma miragem para a outra margem...Miragem ou não, só atravessando-a é q se descobre. Espero que encontres mtas pontes sem miragens. Beijos


De Plantacarnivora a 21 de Março de 2005 às 17:34
Belíssimo post: 19 valores. Amei. Beijócassssssssssss GANDIS


De Carla a 21 de Março de 2005 às 15:48
Adoro pontes. E quando funcionamos como pontes para os outros, a sensação é muito gratificante - sabermos que ajudamos alguém a passar para a outra margem. Por vezes até são duas pontes que se encontram e se ajudam mutuamente :) Há coisa melhor? :))) Beijo grande, João querido :)


De Laura Antunes a 21 de Março de 2005 às 14:32
"Aponto uma passagem para a outra margem".Abraço Laura


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005


blogs SAPO

.subscrever feeds