Sábado, 9 de Abril de 2005

Há sempre um buraco







"Para ver ou sentir a tua pele"




Já passa da meia-noite Cidadela!
Sei nem preciso olhar o relógio
Tem sido sempre meia-noite
Para dormir ou namorar tempo
Não interessa
Bom mesmo a qualquer hora
Era sentir-te
Eu nem sei o que estou aqui a fazer
Sinto os nossos abraços apertadinhos
Todos os teus sítios apertadinhos eu quero
Estás sempre a dizer... ai
E eu ainda não te toquei
Sinto-te
Mas tocar-te....
Queria muito
Um abraço daqueles de outrora
Sinto sim sabes quanto...
Sinto o teu cheiro
O sabor da tua pele
Já provaste a tua pele hoje?
Devias provar deus dá nozes a quem não tem dentes
Prova para mim
Que eu digo-te a que sabe
Prova só um dedinho
Ou a mão
Um pouco do antebraço talvez
Tu e um dedo na boca
Não consigo… sentir
Só mesmo lembrar
A que sabe
Um beijo teu






publicado por bamos às 05:03
link do post | comentar | favorito
|
20 comentários:
De Joaninha a 11 de Abril de 2005 às 09:35
Olá kerido Joao. :)) As lembranças de algo bom, que um dia nos fez sentir felizes, fica gravado com tanta intensidade em nós, que recordaremos com muita saudade esses momentos...até mesmo o sabor, o cheiro e um pequeno toque tudo isto cheio d sentimento ficam para sempre na lembrança, guardados para sempre na nossa caixinha das emoções, o coração. Um beijo ternurento só p ti. ;)


De J. R. a 10 de Abril de 2005 às 21:22
O SRA DONA CARLA POR ACASO TEM UM BLOG RELAÇIONADO KM PAPOILAS?


De JUDAS R. a 10 de Abril de 2005 às 14:57
realmente Sr joao fico contente com o k escolhe para os seus blogs ,e sinal k e boa gente obrigado por partilhar essas poesias...as veses tambem m falta a luz... as portas tambem se fecham para a minha compreensao do k se passa neste planeta,as veses tambem dou por mim a nao conseguir mudar para milhor... e k as veses a carne e fraca...e ja agora espero k nao tenha ficado sentido km alguma koisa k eu tenha scrito sobre focas hum hum


De Lina a 10 de Abril de 2005 às 14:14
Desta vez prendi-me na música, porque é a minha música de todos os tempos, porque marca o amor na minha vida, porque me deixa embalada em sonhos de seda pura.
Um beijo


De Carla a 10 de Abril de 2005 às 01:01
Fantástico, João... O teu altruísmo é apaixonante :) A foto está sublime e o teu título e texto fazem-lhe jus :) Criaste uma moldura linda, sabias? Que bonito desejares que alguém se prove enquanto tu recordas sabores :) Um beijo enorme! :)


De Angustias a 9 de Abril de 2005 às 23:16
Ainda bem que ha boracos ... ainda bem que há falhas ... ainda bem ... porque se nao era uma seca esta vida :)


De MissLadyMystery a 9 de Abril de 2005 às 23:13
Sentir um cadinho, só aquele cheiro, aquele toque que não se compara a ninguem..Sentir o que nos faz sentir que a pessoa é a certa...Sentir, porque simplesmente amamos...Um beijo doce


De Enamorada a 9 de Abril de 2005 às 23:03
Lindo, sensivel e doce como sempre. Eu estou aguentando e tu? Um beijinho doce e bom fds.


De Patrcia a 9 de Abril de 2005 às 20:43
Muito bonito. A música é linda e as tuas palavras...espectaculares. "Só mesmo lembrar a que sabe um beijo teu"
Beijinhos!


De Cris a 9 de Abril de 2005 às 19:21
Olá, João.belo poema.Aliás, devo dizer-te que gosto muito do teu blog.Humano, sensivel,artistico, suave.Parabéns.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005


blogs SAPO

.subscrever feeds