Segunda-feira, 4 de Julho de 2005

Passamos o estreito fazemos um tempo no Egipto








dizes... digo… dizem bla bla bla



Eu quero-te bem… Ainda que te possa querer mal... por qualquer
motivo…



Capice!



Se algum dia te quiser mal a culpa é minha toma nota



E castigar-me-ei por isso



é... isto, o silêncio a brisa quente silenciosa tu o luar... e o
aroma a mediterrâneo....



Deve dar Bummmmmmmmmmm



Um
voo alto



Tu a bailar cantando isso em roupas das lojas onde as cores
atrapalham



Rumo à noite... que se avizinha



Num veleiro enorme... o sol a convidar Marrocos ali em frente



O luar



Perfumada de jasmim



Já a lua serpenteava em ti



Nas curvas... onduladas do oceano



Que é teu corpo



Intemporal, que gosto



Pode ser quase perfeito



O meu universo teria que ser o teu...o teu já é o meu



Estou farto de universos paralelos



Muito



Nem sei como ou porque talvez queira



Sou exigente na simplicidade e facilidade



Gosto de vida fácil



Não tenho.... Muita



Só fácil com fartura



Para ti



Complico para o resto do mundo



São apenas letras que formam palavras que me fazes sentir



Mesmo palavras, só



Gata borboleta favo de mel



Lua
oceano sol ou Torre Vasco da Gama



O bom que tem aquela música é ter vindo de ti direitinha a mim



Esta vem
de alguém por mim dirigida a nós



Nem que fosse um só dó



Seria um laço lindo e redes que nos sustentam



Tal qual tu… tudo



Neste momento tu… És o meu universo



Universo tudo. Que se conhece e mais para lá disso



Chega este tudo? O resto.... É apenas vontade de te dar....



Uma viagem ruma à ilha dos meus teus nossos sonhos



Bla bla bla


</p>







 




publicado por bamos às 03:59
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Bastet a 5 de Julho de 2005 às 18:28
Confuso novamente!!Gata, borboleta, favo de mel!! Decide te amigo...ihihihih, tou a brincar, esta lindo!!

beijo te (like always)


De isa xana a 5 de Julho de 2005 às 02:52
Torre Vasco da Gama? loool
beijo grande


De Snia a 4 de Julho de 2005 às 14:17
de arrepio abraço/
braços, pernas e luares/
enlaçados/
de noite dias e tempos/
diversos.../
tanta vez já se quer/
a vida por outra nova/
de arrepio canela e baunilha/
pele, lingua, dança e/
milenios de esfinges/
atropela-se o tempo/
e o beijo.../
torna um momento/
o voo .../
até ao jardim suspenso/
da nossa Babilonia!/
Beijo[-te]


De Carla a 4 de Julho de 2005 às 11:50
Esse Bummmmmmm diz-me tanto... Que sejam imensos os teus favos e os teus luares, que os bla bla bla tenham sentido a dois... e que mais importa? Beijo enorme, João querido :)


De Carla a 4 de Julho de 2005 às 11:50
Esse Bummmmmmm diz-me tanto... Que sejam imensos os teus favos e os teus luares, que os bla bla bla tenham sentido a dois... e que mais importa? Beijo enorme, João querido :)


De madalena a 4 de Julho de 2005 às 08:03
Saudade de te ler... Mas quando voltas, qs palavras dançam, magicas, cheias de sedução. Está na hora de finalmente raptares essa musa, que te faz escrever tão belo... Beijo


De Lina a 4 de Julho de 2005 às 04:29
Adivinho-te neste momento morenaço e com ar marroquino, deves ficar lindamente por terras do oriente...já tinha saudades!
Beijo grande


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005


blogs SAPO

.subscrever feeds