Sábado, 31 de Dezembro de 2005

O meu vosso postal de bom 2005*2004

 

"Clica-me"

publicado por bamos às 13:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Um Zero*2004

ecliptica.jpg

"364 Dias"


Era falta de vontade de falar
Correu nada bem
Tenho muitas pessoas iludidas de que eu sou algo especial na vida delas, e eu nem tenho vida!!!! E nunca quis iludir ninguém e sempre digo que eu não sou pessoa para Amar ninguém de novo!!!!!
Começo a ficar desiludido comigo mesmo, não me faço entender por ninguém,
São pessoas de mais na minha vida
Quando passei mais de um ano sem ter ninguém
Acho que me vou afundar em desentendimentos vais ver
Pois eu sei que não são todas iguais
Mas quero tratar todas igual entendes!
Começo a não ter mãos e cabeça para tudo
E quando recebo presentes de quem não conheço começo a preocupar-me e a perguntar onde é que eu errei
Onde é que eu me deixei oferecerem-me presentes!!!!
Mas muito medo e certeza de nunca compensar tudo que me dão
Eu já recebi montes de coisas
Mas no tempo e na altura certa
Também já dei outras tantas
Mas as pessoas certas e na hora certa
Chego a dar o que não tenho quando quero e sinto que devo dar.......
E entenderes o porque de eu não querer falar com pessoas
Mas és diferente
Ainda que não existisses tinha que te inventar
Essa parte da sanidade comigo passa muito pelo paradoxo!!!!
Eu não posso eliminar ninguém que não me tenha entendido completamente para onde vou o que vou
O problema é que acho que eu também não sei para onde me dirijo
Eu sinto-me o culpado de tudo de mau que a minha volta acontece
Tudo
Nada que planeio sai
Tudo que não procuro me acontece
Não controlo a minha vida
Como posso partilha-la com outros!!!
Nada não controlo mesmo
Agora és pedagoga de existencialismos humanos virtuais
Isso é tudo que eu deveria ter na escola que não tive
Escola da vida também tive
Mas isto é mesmo escola da que deveria haver
Tudo existe por nada
Porque continuas sem me entender?
A tua realidade nunca me foi permitida vives num mundo de poucos feito por milhões de outros
Milhões que nunca jamais verão essa realidade, embora a façam
Juro-te pelo que aches mais sagrado
Não queria falar com ninguém
Não é que não me entenda.......
Não me entendem
Não sei é para onde vou
é um pouco diferente de não me entender a mim mesmo
Acho que vou descansar um pouco antes de sair
Os meus sentimentos é que sou um Zero
Uma nulidade


publicado por bamos às 03:56
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2005

Sinceramente*2004

aldebaran.jpg

"E com alguma luz"


É melhor estar vivo que sentir-se vivo, 30 anos de democracia, dão para fazer auto-estradas no litoral sem portagens para nos cá em cima pagar-mos Laranja sei que não é cor para estar vestido mas esta camisola e uma interior por baixo estou pronto para ir ao pólo eu calor e lá fora tudo gelado.
E esta época não é boa para a minha cabeça "num ano e no ano seguinte" Duas moedas e uma face a face que chamas Amor, dei cabo de algum equilíbrio que tinha na minha vida! Não me Amas a mim que eu não quero, quero que te ames e que gostes de mim isso sim faz-me bem é sempre bom saber que alguém gosta de nós, sejamos nós quem formos. Eu gosto daquilo que sei de ti, gosto de ti mas não te Amo nunca vou Amar mais ninguém na minha vida e o mais difícil nisto tudo é que acho que nem a mim amarei mais.
Isso é, posso amar longe distante sem dizer que o faço, uma ideia de perfeição criada por mim, podes chamar ilusão mas há ilusões que são bem melhores que a realidade da vida e tentar fazer com que eu desapareça ao ouvir ou ler a palavra Amor! Um dia destes desapareço e não mais sabes de mim basta repetires Amo-te 3 vezes seguidas.
Ainda hei-de conhecer alguém com uma vidinha confortável por aqui, se existe, não conheço ainda. Sabes a minha vida! Sabes que sei da tua e das tuas lamentações! Imagina a das outras pessoas com quem um dia falei ainda não vi uma vida confortável! Isso deixa-me céptico.
"Lamentações"
Se fosse um texto de alguém desconhecido nem sentia nada se fosse teu e descobrisse lá apenas arte literária e rimas com alguma fantasia e imaginação também não sentia nada e sorria assim senti, dor raiva desespero gritos e no fim a palavra que resume isso Amor se o Amor é isso Não vale a pena Amar!!!! Não achas!? Pois jamais....sentes dor raiva desespero gritos, por mais de 5 minutos, amando um filho, a não ser que se perca, sente-se isso a vida toda, e a sentir isso por Amar alguém que apenas se gosta......não é bom
Nada deitei-me já estava o sol a romper e senti o teu corpo junto ao meu imaginei como deve ser bom tocar um vulcão lembrei-me de tsunamis e de forças da natureza e vi que nem todas são más e destrutivas tu és uma força bruta da natureza e sei que era bom ter-te ali naquela hora comigo mas só estavas na minha cabeça a realidade é mais tsunami na Ásia só preciso de que existas o resto é tudo Zen e virá se tiver que vir um silencio que eu não me importo de fazer e ter.
Homens neutros, quando se trata de mulheres há poucos!!!! Eu sou base muita base, base com acido anula-se mutuamente acido com acido explode base com base......faz-se muita coisa. Estou exausto, é bom que........... Existas e que digas que gostas de mim ainda que seja um segundo por dia, sim é bom saber que alguém gosta de algo em nós por pequeno que seja. É tanta coisa que estaria uma vida inteira para entenderes e ainda sim..... Temo que não entendesses, não és a única que me quer Amar sabias!? Mas no fundo nem tu nem as outras me Amam apenas conhecem a palavra Amor não o que ela significa, tu de mim uma coisa tens sempre certa é a verdade directa, hoje o que queria era tudo menos isso o gostar de gajas e de sexo e até de pessoas, não é fazer colecção não é por no mesmo saco, não faço colecção mas que elas existem, existem. Não claro que não és a única... és a única que quer..... Assustando-me e faz planos de, e sonha com sei lá o que, nem quero imaginar.
Não sei o que digo já não consigo falar com ninguém estes dias.......consigo estar por aqui mas acredita que não falo com nada, o que menos me faz falta é saber que alguém ainda que goste de mim, anda a perder o seu precioso tempo a fazer de mim o tempo todo da sua vida. Não mereço isso nem quero isso de ninguém.
O corpo precisa de silencio de noite para descansar os sonhos só surgem no silêncio
Se não são adulterados pelos ruídos que o rodeiam e sonhar não é mais que a nossa cabeça resolver os conflitos diários durante a calma e silencio da noite apetece-me tanto dormir, sim muito e mais que isso sonhar é o que tenho saudades ligo o rádio de noite pois já não sonho ou se sonho não recordo, os ruídos que o rádio faz são os meus sonhos só preciso de colori-los ao acordar. Eu também abdicava de tudo do nada que tenho, Incrível não entenderes que tu podes te sentir o nada mas és o tudo de alguém, e eu sei que sim isso é possível, mas também sei que isso é ilusório e passageiro.
Temos que dar a real dimensão as coisas é a vida mesmo, posso sentir paixão por algo ou alguém como já senti montes de vezes posso amar até de seguida mas isso tudo passa e só fica ou o doce recordar dos bons momentos ou o amargo desilusório dos maus e tudo foi um momento em nossa vida em que houve luz tu sabes isso melhor que ninguém todos sabemos mas queremos acreditar em contos de fadas, existem mas são momentos, podemos prolonga-los sim podemos mas isso é outro filme um filme possível mas bem mais real e negociado, só não penses que vai ser fácil viveres um conto de fadas comigo, não te iludas pls adoro os teus momentos mas tu sabes eu sei que isso não é possível agora já nem amanha e quem sabe quando.



© Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte

</font>
publicado por bamos às 06:08
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2005

Noite e Dia*2004

earth_at_night_from_spac.jpg

Momentos, Lua, Luzes artificiais
EarthDia.jpg

E Sol, Sonhos
"Em segundos tudo acontece"


Porque dormimos, como acordamos, afinal o que é o sonho e qual a defenição de paraíso!?
Tudo é um instante tudo são sete segundos.

publicado por bamos às 05:21
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2005

Pérolas negro sexo e alegria*2004

perolas.jpg

"lamentando sempre o que os marmotos fazem no berço de algumas"


</tr>




Quero ver hoje no blog um texto bem alegre
Cócegas deixa tomar nota do tópico.
Depende da hora que decidir faze-lo.
Mas vou tentar que seja uma hora boa
O pior é deitar a essa hora e só adormecer horas depois
Quando me deito o pensamento acorda
E as imagens formam-se na cabeça
Um texto "Mont"alegre
Qual é a cor da alegria para ti?
Sofisticada a tua alegria
Pérola e negro
Sim o negro é sempre negro e tem classe, a pérola dá-lhe a alegria
Estou a ver-te com um lindo vestido negro sensual e um lindo colar de pérolas
Com duas pendentes nas orelhas
Agora começo a ver só o teu corpo vestido com o colar apenas
Fica-te mesmo bem
Ver essa tua cara de menina envergonhada arrepiada por as pérolas serem frias e taparem tão pouco dos teus seios
Sobrepões uma perna na outra na tentativa de tapar algo mais.......
E deitas-te sorrindo suavemente numa cama de aromas e seda
E isso é alegria estampada no meu rosto
Pois vejo a perfeição de um momento contigo
Beijo na tua barriga
Suavemente na covinha do teu umbigo
cócegas...
Esbracejas arrepiando mas eu agarro suavemente mas com firmeza as tuas mãos e tu entregas-te ao prazer de sentir cócegas
E continuo a beijar-te
E tu relaxas deitada de olhos semi-cerrados.....
Olhando o candeeiro do tecto que parece dizer estou aqui.......se a luz não chegar hoje para te dar essa alegria que já começas a sentir
Até os objectos são cúmplices num acto de Prazer e "Amor"
A minha palavra mais difícil hoje
Acordas sorrindo e no meu lugar está a rosa
E dizes sonhei
</tr>




publicado por bamos às 03:36
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Terça-feira, 27 de Dezembro de 2005

Simplesmente a neve*2004

E Vivaldi




Grande nevada hoje

"Bem ao centro é capaz de haver um link"

publicado por bamos às 02:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2005

O nada, por existir*2004





...Também é algo. Blue Moon


</span>



Por onde começa tudo
Por onde acaba o nada
Tudo que tenho começa por algo
Algo que acaba quando acaba nada
Nada que acaba quando acaba tudo
Tudo existe por nada
E nada existe
por tudo


 

publicado por bamos às 00:58
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 25 de Dezembro de 2005

Arvore*2004

</head>








[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] <img>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

</head>

<body>

<div align="center">
<center>
<table border="1" cellpadding="0" cellspacing="0" style="border-collapse: collapse" bordercolor="#111111" width="520" height="400" id="AutoNumber1" bgcolor="#000000">
<tr>
<td width="520" height="400">

<p align="center">
<img border="0" <img alt="25_Dezembro_2004.gif" src="http://bamos.blogs.sapo.pt/arquivo/25_Dezembro_2004.gif" width="480" height="360" border="0" />

<p align="center">
<object classid="clsid:6BF52A52-394A-11D3-B153-00C04F79FAA6" id="WindowsMediaPlayer1" width="245" height="46">
<param name="URL" ref value="http://lofi.mp3search.ru/lofi/15/15751.mp3">
<param name="rate" value="1">
<param name="balance" value="0">
<param name="currentPosition" value="0">
<param name="defaultFrame" value>
<param name="playCount" value="2">
<param name="autoStart" value="0">
<param name="currentMarker" value="0">
<param name="invokeURLs" value="-1">
<param name="baseURL" ref value="http://lofi.mp3search.ru/lofi/15/15751.mp3">
<param name="volume" value="100">
<param name="mute" value="0">
<param name="uiMode" value="full">
<param name="stretchToFit" value="0">
<param name="windowlessVideo" value="0">
<param name="enabled" value="-1">
<param name="enableContextMenu" value="-1">
<param name="fullScreen" value="0">
<param name="SAMIStyle" value>
<param name="SAMILang" value>
<param name="SAMIFilename" value>
<param name="captioningID" value>
<param name="enableErrorDialogs" value="0">
<param name="_cx" value="6482">
<param name="_cy" value="6350">
</object>
</p>

<p>
 </p>

<p align="center"><img border="0"<img alt="a_burst.gif" src="http://bamos.blogs.sapo.pt/arquivo/a_burst.gif" width="36" height="36" border="0" />

<p align="center"><font face="Georgia, Times New Roman, Times, serif"><b>
<font color="#008000">Paz<br>
União<br>
Alegrias<br>
Esperanças<br>
Amor Sucesso<br>
Realizações Luz<br>
Respeito harmonia<br>
Saúde solidariedade<br>
Felicidade Humildade<br>
Confraternização Pureza<br>
Amizade Sabedoria Perdão<br>
Igualdade Liberdade Boa sorte<br>
Sinceridade Estima Fraternidade<br>
Equilíbrio Dignidade Benevolência<br>
Fé Bondade Paciência Brandura Força<br>
Tenacidade Prosperidade Reconhecimento</font></b></font><font color="#800040"><br>
|  |<br>
BAMOS</font></p>

<p> </td>
</tr>
</table>
</center>
</div>

</body>

</html>
publicado por bamos às 00:26
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 24 de Dezembro de 2005

Aceitando o que não entendes*2004

LIREFMOTSJYF.gif

"Perspectivas ou Personalidades"


VALHA-NOS O INVERNO QUE CONTINUA LINDO COMO SEMPRE TRAZENDO COM O SEU FINAL A BELA PRIMAVERA


Pois eu entendo
A ideia não é não entenderes
Mas aproxima-se muito!
É ficares a pensar naquilo que entendes e
imaginares o resto que não entendes
Essa do diálogo não é minha
É do outro e da internacional
Eu defendo sempre os mais fracos e nunca as maiorias
Eu disse que também não tinha varias personalidades!
E não tenho, apenas arranjei uma para substituir a palavra desapareço
Quem tem varias personalidades é como eu, não sabe que as tem !!!!!
Por isso tu não deves ter e eu sim
Mas se chego a essa conclusão é porque também sei que tenho varias por isso não devo ter
Não me dou com pessoas!!!
Não estou a ser nada hipo......não sei que
É para espalhar a cabeça
Aprende-se com a vida
Contrariar
Mas não é só a ti... e não é contrariar-te a ti nem a ninguém, é ver sempre uma outra perspectiva um outro significado
Há sempre o outro lado lunar não achas?
Jamais te magoaria........ou se o fiz ou faço não é essa a intenção
"Prefiro um dia feliz que uma eternidade de infelicidade"a frase é tua!?
Se te magoei na eternidade lembra-te que te fiz feliz um dia
Esta é minha.
Fico mesmo com a impressão de duas personalidades ou mais































publicado por bamos às 01:06
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2005

O meu, vosso presente*2004

Para vos recordar nesta data



Devido a problemas técnicos o link do postal não funciona por isso aqui fica algo melhor, espero que a Carla não se importe :)
"Desculpem, o Pai Natal está tão ocupado enviou a filha"

Beijos e Abraços e façam o favor de sorrir :)

publicado por bamos às 00:34
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Numa boa amiga silenciosa...

. Onde se inventa e de cert...

. Em beijos de luz a zul

. ...

.

Take...

.

Paix...

.

Enqu...

.

dois...

.

Palm...

.

Prim...

.arquivos

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005


blogs SAPO

.subscrever feeds